Sathya Sai Baba

Eu ouvi falar de Sai Baba pela primeira vez em 2002. Senti logo uma grande vontade de saber mais sobre aquele homem vestido de laranja e com grandes cabelos esvoaçantes.

Hoje eu sei que Ele me chamou e que desde que entrou em minha vida foi me mostrando o caminho em vários setores de minha existência.

A energia de Sai Baba é de puro amor.

Um pouco da história do Mestre:

Ele nasceu em Puttaparthi, na Índia, no dia 23 de novembro de 1926. Desde pequeno demonstrava compaixão e sabedoria, já se diferenciava das outras crianças.

Aos 14 anos comunicou à sua família que era a reencarnação de Shirdi Baba, que havia vivido entre 1838 e 1918 na Índia.

A vinda de Sai Baba foi anunciada no Mahabharata: Vishnu profetizou que viria numa época difícil para a humanidade, em uma tríplice encarnação (Shirdi, Sathya e Prema Sai Baba). Ele teria a marca dos Avatares nos pés, seus pais seriam devotos de Krishna e seu nome traduziria a "verdade" (Sathya).

São características de um Avatar: se comunicar em qualquer idioma, amar e respeitar todos o seres vivos, ter uma alimentação seletiva, conseguir se bilocar e realizar materializações.

Sathya Sai havia todas essas características.

Começou a trabalhar num quintal vizinho a sua casa e nunca mais parou até seu desencarne, no dia 20 de abril de 2011.

Sathya Sai Baba não veio para criar uma nova religião, sua missão era nos ajudar a encontrar Deus em nossas vidas, purificando emoções e sentimentos negativos.

Sobre as religiões Ele disse: "Deixem que existam diferentes religiões, deixem que floresçam, deixem que a glória Divina seja louvada em todos os idiomas do mundo. Respeitem as diferenças entre religiões e reconheçam-nas como válidas, sempre que estas diferenças não tratem de extinguir a chama da irmandade do homem e a paternidade de Deus." Ele falava sobre a mensagem de Jesus, na festa de Natal; sobre Krishna e Buddha, e sobre outros Mestres.

Estabeleceu que todo dia 19 de cada mês, fosse dedicado à Mãe Divina, o Amor Supremo .

Por isso nos deixou também muitas mensagens explicando a importância das mulheres na sociedade.

Milhares de pessoas visitaram o Ashram de Sathya Sai Baba enquanto Ele estava vivo e isso continua ainda hoje. Sabe-se que governantes, cientistas, doutores ficavam maravilhados com Seus conselhos e grande sabedoria.

Em minha vida, o trabalho que mais me tocou e tento levar adiante ainda hoje é com o método educacional que Sai Baba criou. Ele construiu escolas e universidades, além de hospitais.

O método educacional que Ele criou está centrado nos Valores Humanos Universais: verdade, paz, não-violência, amor e retidão.

Os alunos das escolas Sai aprendem que tudo é interligado, que somos uma Unidade e por isso são generosos e solidários. Os cinco Valores Humanos formam o caráter da criança e assim como cada dedo da mão é importante para a mão como um todo, cada Valor ajuda no funcionamento correto e eficiência do Ser como um Todo.

Disse o Mestre: "A educação é para a vida e não para um mero meio de vida".


Principais ensinamentos de Sai Baba:

1- Só existe uma religião, a religião do amor; uma única casta, a casta da humanidade; uma única linguagem, a linguagem do coração.

2- A centelha divina ( atman) que habita em todos os seres humanos é a base da fraternidade do homem e da paternidade de Deus.

3- Deus é Amor , então o caminho para alcançarmos Deus é o amor a todos os seres vivos.


Os Dez Princípios

Baba anunciou Dez Princípios que formam a base para a "Integração Mundial da Humanidade".

1) Amem e sirvam à sua Pátria. Não firam nem odeiem a pátria dos outros.

2) Respeitem todas as religiões com igualdade.

3) Reconheçam a fraternidade entre os homens. Tratem a todos como seus irmãos. Amem a Todos.

4) Mantenham seus lares e seus arredores limpos. Isto promove a saúde e a auto-estima.

5) Pratiquem a caridade, mas não alimentem a mendicância, dando dinheiro aos mendigos. Dêem-lhes alimentos, roupa, proteção e ajudem-nos a ajudarem a si mesmos (não estimulem a preguiça).

6) Não tentem a outros, subornando-os, nem se rebaixem aceitando suborno (nunca dêem lugar à corrupção).

7) Não estimulem o ciúme e a inveja. Tratem a todos da mesma maneira, sem levar em conta distinções sociais, de raça ou de religião.

8) Não dependam de outros para suas próprias necessidades pessoais; sejam seus próprios servidores, antes de servirem aos outros.

9) Observem as leis de seu País; paguem os impostos e sejam cidadãos exemplares.

10)Cultivem o amor por Deus; afastando-se do pecado.



Ana Nardini, Fevereiro 2016

Fonte: 

  • Sai Baba parla all'umanità - Stephan Doliwa
  • Organização Sathya Sai - Brasil